Os vilões do mês de fevereiro nos supermercados da Grande Vitória, além do ovo de galinha, foram a cenoura comum, cebola branca, banana prata e vagem comum

O preço do ovo de galinha disparou nos supermercados e provocou a sexta alta consecutiva da cesta básica do capixaba. De acordo com o último levantamento, o valor chegou a R$ 1,3 mil, uma alta de 1,36% no mês de fevereiro.

Os vilões do mês, além do ovo de galinha, foram a cenoura comum, cebola branca, banana prata e vagem comum. O aumento nos preços dos ovos se deve a dois fatores: o aumento de preços do milho e da soja, usados na ração das aves, e o forte calor que tem atingido a região de Santa Maria de Jetibá, na região serrana, um dos maiores produtores de ovos de galinha do país.

A alta acumulada no ano está em 3,95% e nos últimos 12 meses chegou a 7,25%. Em fevereiro, dos trinta itens pesquisados, dezesseis produtos da cesta básica de alimentos da classe média capixaba tiveram aumento de preços, sete itens apresentaram recuo e sete produtos permaneceram com preços estáveis.

Maiores altas de preços no mês: ovo branco de galinha (35,6%), cenoura (26,5%), cebola branca (27,8%), banana prata (11%) e vagem comum (8,9%).
Maiores quedas de preços no mês: Pó de café comum (-1,2%), batata inglesa (-3,9%), maracujá azedo (-8,8%), limão branco (-24,3%) e mamão tipo papaia (-3%).

Produtos com preços estáveis: Carne de boi, pão francês, leite condensado. Leite longa vida e suco integral em caixa.

Conforme estudo elaborado pelo Núcleo de Pesquisas da Empresa Júnior da Faculdade Doctum de Vitória, se o consumidor pesquisasse os menores preços em fevereiro entre as redes de supermercados selecionadas para a pesquisa compraria uma cesta de alimentos por R$ 1.135,58 , assim, ele economizaria R$ 240,33 no mês, ou seja, 17,5% em relação ao preço médio apurado para a cesta de alimentos. Em 12 meses, a economia estimada ficaria em torno de R$ 2.884,00.

Com base nos custos dessa cesta de alimentos, a renda média estimada para uma família padrão da classe média na Grande Vitória, que estaria em torno de R$ 5.457,78 em fevereiro, equivalente a 6,9 salários mínimos de vigência nacional.

A 97ª edição da pesquisa da cesta básica da classe média foi realizada em 30 lojas de redes de supermercados da Região Metropolitana da Grande Vitória sob a supervisão do Coordenador de Extensão da Rede de Ensino Doctum.

Fonte: Agrolink